Já saiu a Edição n.º 2024

de 9 de Outubro de 2021

Ano LXXVIII



Quinzenalmente consigo o Famoso


(Próxima Edição em 23 de Outubro)

Aceda à Edição online em formato próprio com todo o conteúdo da Edição em papel 

Venha conhecer O GAIATO digital assinando-o por um mês, após o que a assinatura terminará.

Querendo continuar assinante pode inscrever-se fazendo nova inscrição (permanente).

(A assinatura não tem preço, como é apanágio das nossas Edições.)

Novo Livro

SINAIS

Autor: Padre Telmo Ferraz

Senhor, // A minha ânsia é corrente // A caminho do mar.

É corrente que esborda e fecunda por onde passa, num percurso todo ele primaveril. Sinais que ficam naquele lugar próprio onde o diálogo do silêncio estabelece o Princípio do Tudo - Altar e Vida - como dom; e extravasa para cada leitor com abertura de coração.

São Teus passos, // No caminho, que me leva // Onde anseio chegar.

Leva-nos Padre Telmo também. E tudo dito nesse estado permanentemente sussurrante onde o dom floresce - e transcende.

«... Porque é um ser que se comunica pelo que escreve e sobretudo pelo que é.» (...) «Ele é o verdadeiro sinal para os que temos o privilégio de o conhecer e aprender com ele. Mas como todos os sinais não aponta para si. A realidade que sinaliza é outra: o seu amigo Jesus. Quantas vezes ouço esse murmúrio, esse mantra, Jesus, Jesus, Jesus! O nome santo repetido vezes sem conta na despedida da capela. O resto é silêncio e como é bom perceber que tudo ACONTECE assim.» (Do Prefácio, José Alfredo).

Podem os Leitores e Amigos pedi-lo pelo telefone 255 752 285, e-mail: geral@obradarua.pt ou directamente no site: www. obradarua.pt - em Livros - Outras Editoras.

Últimos LIVROS publicados pela nossa Editorial


Obra do Pintor Avelino Leite, exposta no Memorial Padre Américo
Obra do Pintor Avelino Leite, exposta no Memorial Padre Américo

Venerável Padre Américo

O dia 12 de Dezembro de 2019 nasceu com a notícia, há muito esperada, da proclamação de Pai Américo Venerável da Igreja Católica. A Promulgação do Decreto da Congregação para as Causas dos Santos, feita no dia anterior, resultou da autorização do Santo Padre Francisco dada em audiência ao Prefeito da mesma Congregação, Cardeal Angelo Becciu, a promulgar entre outros, o Decreto relativo a Pai Américo:

«As virtudes heroicas do Servo de Deus, Américo Monteiro de Aguiar, Sacerdote diocesano, nascido em Salvador de Galegos (Portugal), em 23 Outubro 1887 e falecido em 16 Julho 1956 no Porto (Portugal)»:
Está assim dado o primeiro passo na direcção do sentir do Povo que já no seu tempo de vida o proclamava santo, ao que Pai Américo ironizava, dizendo «santo de pau carunchento». A Igreja dá agora este passo abrindo caminho à sua Beatificação que terá de ser confirmada por um milagre atribuído à sua intercessão. Muitos são já aqueles que lhe atribuem graças recebidas e também nós vemos confirmada a sua afirmação: «A minha obra começa quando eu morrer».

Museu - Memorial Padre Américo / Obra da Rua

Aberto para visitas - marcação antecipada.

Consulte horário e marque visita no item MUSEU.


Entrada livre.

Instalado no edifício das Escolas da Casa do Gaiato de Paço de Sousa



do livro

«Obra da Rua»

"Editorial Casa do Gaiato"

«O livro que agora sai com o nome de Obra da Rua, é um relatório...

Trata-se do relatório de uma vida inteiramente devotada ao Pequenino de palhas infelizes, herdeiro forçado da miséria social com suas muitas e variadas constelações.

É a voz de um coração que vive e que sente a vida e a sorte das chusmas infantis, a vender jornais nas ruas, a tirar lixo das latas, a guiar cegos nas feiras, a ir pela sopa aos quartéis; e, sobretudo, os dados à moinice, viciados, pervertidos pela família e pela sociedade, a chupar pontas de cigarros - o prólogo dos grandes crimes. Eles, património da Nação, os predilectos de Jesus, que se morressem naquela idade, iriam vestidos de branco com sinos a repicar.»

Padre Américo, Obra da Rua, pp. VII-VIII

As nossas CASAS - Encontre a informação que procura